Compostar é ressignificar o seu lixo

Qual o destino do seu lixo orgânico? A saída mais ecológica é a compostagem. Nosso consumo exagerado gera resíduos das formas mais inadequadas. O lixo reciclável já é uma realidade, pois conseguimos encontrar um retorno comercial. Mas em relação ao lixo orgânico, poucos prestamos atenção no seu destino final. Se trabalhado da forma correta, ele se transforma em um grande adubo fértil, que também tem como vantagem a diminuição de gás metano para atmosfera e uma série de poluentes. Se descartado de qualquer forma, geramos aterros cada vez mais saturados que acabam sendo mais um problema, tornando-se a principal fonte de poluição do solo, água e atmosfera, gerando efluentes líquidos e gasosos.

Mas afinal, o que é compostagem? Ela é um processo biológico aeróbio e termofílico, ou seja, o lixo orgânico na presença de oxigênio e microrganismos de temperatura média de 40º à 60º, com um ambiente controlado e manejado, faz com que aconteça a degradação do material sólido orgânico, gerando o tão comentado composto, uma ótima fonte de nutrientes para a terra. No Brasil, cerca de 50% do lixo gerado em cada domicilio é orgânico e em Sorocaba, com dados de 2014, a população gerava em torno de 16.000 toneladas por mês. Tudo isso se fosse retornado para a terra, seria ótimo! Provavelmente acabaríamos com vários problemas de solos desgastados que temos. Hoje também é possível ter composteiras caseiras em casa que isolam o cheiro e grupos que recolhem o lixo. Vamos então devolver para a terra o que é dela, ficar só retirando não rola mais. Tudo é um ciclo.

Aqui em Sorocaba temos o pessoal da @kuara_natural, que recolhe o seu lixo  e transforma em compostagem. “A criação da empresa é devido a minha vivência com compostagem desde a graduação em agronomia e a ideia é uma inspiração no Ciclo Limpo de Botucatu, que faz um esquema parecido; Eles também se inspiraram no ciclo orgânico que é do Rio de Janeiro. São iniciativas que já existem e podem se difundir mais ainda”, comentou Mirela, autora do projeto.

São ao todo dois tipos de “planos”, eles deixam com você um balde no qual você dispensa o lixo, e isso pode acontecer uma vez por semana pelo valor de R$50 por mês, ou quinzenalmente por R$25. Ao final do mês, além de você ajudar a dar o destino final ao seu lixo de forma correta, ganha o composto para adubar a sua terra ou uma mudinha.

Ideias como essa que deixam Sorocaba cada vez mais consciente. Pequenas atitudes, que ao se espalhar, multiplicam e ganham vida. Então se você compartilha desse pensamento, converse com o pessoal da Kuara para entender melhor o processo e comece da sua casa a mudar seus hábitos em relação ao seu lixo.

📞 Contato: (15) 99683-8300

Por: Caio Saviolo

Você também pode gostar: